quarta-feira, 14 de maio de 2008

Uh...? What?!


Às vezes descobrem-se na Internet coisas verdadeiramente surpreendentes. Contra todas as expectativas, dei por mim a ir hoje para o trabalho a ouvir fado. Sim... é verdade!
Não tenho nada contra o fado, mas não costumo apreciar (tirando um ou outro fado mais célebre e que realmente me diz qualquer coisa).
Até aqui tudo aqui seria (mais ou menos) normal, não fosse o facto de "Phado", o álbum de M-PeX (moniker do português Marco Miranda), ser uma curiosíssima fusão entre fado e música electrónica.
Um conceito que primeiro parece improvável e depois origina receio ("oh não... estou para ver o que sai daqui..."), acaba por se revelar uma bela surpresa.
É que o dito senhor é assumidamente fã de Aphex Twin, Amon Tobin, Squarepusher... Fica, assim, bem fundamentada a matriz sonora que saltita luxuosamente entre o ambiente e o experimentalismo, envolvendo a guitarra Portuguesa de Carlos Paredes de uma forma como nunca a imaginámos.
Não digo que seja este o único projecto deste tipo que existe em Portugal, talvez hajam mais por aí, mas este conseguiu fazer muito bem a síntese entre dois mundos à primeira vista tão antagónicos. É agradável ver a nossa música acarinhada desta forma, estimulada, posta à prova e tornada algo novo e maior.E o melhor é que resulta!
Concluo, aproveitando para dizer que o álbum pode ser obtido por 10€ (portes de envio já incluídos) no site da editora Thisco (http://www.thisco.net/portugues.htm).